1 de nov de 2008

Recuperem o Titanic! - Clive Cussler...

Este é o livro que me acompanha neste momento.

Quando terminar direi qualquer coisa. Foi editado em 1976 e, para já, aqui fica a sinopse:Tudo começa com o "Projecto Siciliano", cujo objectivo é permitir aos Estados Unidos criar uma rede de defesa antimísseis qua assegure a defesa da nação contra qualquer ataque vindo do exterior.

Para levar a bom termo um tal projecto torna-se, porém, indispensável obter um metal extremamente raro, chamado bizânio. Mas onde arranjar em quantidade suficiente este metal?

Um sábio procede a investigações e descobre que pioneiros canadianos se apoderaram, em 1912, do precioso metal que, metido em várias caixas, foi embarcado por um deles no "Titanic".

O presidente americano decide, então, recuperar o paquete que se encontra a mais de 3600 metros de profundidade, no Atlântico Norte.

Aos Russos também interessa, naturalmente, um metal tão valioso e, depressa, os respectivos Serviços Secretos desencadeiam as hostilidades...

Roma - Steven Saylor...


Acabei de ler. Fiquei fascinado...

O livro é simplesmente fabuloso.

Toda a História de Roma, desde a altura em que era um mero ponto de passagem para os comerciantes de sal, até à grandiosa cidade que dominou o mundo.


O modo sublime como Steven Saylor liga as pequenas histórias de duas das mais antigas famílias romanas - os Potício e os Pinário - à história de Roma, prende-nos do princípio ao fim do livro, só o conseguindo largar no final e ficando - eu fiquei - com aquela sensação de vazio que só um livro que nos toca de forma especial nos deixa no final.


Nunca tinha lido nada deste autor e fiquei - mais uma vez - com vontade de comprar e ler todos os restantes livros.


Sem querer tirar o lugar ao Professor Marcelo Rebelo de Sousa, permitam-me que, também eu, recomende um livro. A este, recomendo sem reservas...

27 de out de 2008

Casa nova em curso...

Pois é.
Estou a construir casa e ando numa roda viva a escolher o material eléctrico, as janelas, as louças sanitárias, madeiras e já não sei mais o quê...
É assim a modos que cansativo, mas ao mesmo tempo excitante... vou ter biblioteca e tudo... os meus livros vão ficam bem arrumadinhos.
Lá para meados do ano que vem devo estar de mudanças.

Mudou a hora...

E eu não gosto...

Às 17h00 já começa a escurecer. Que dias tão pequenos...

25 de out de 2008

Desabafo machista...

A Carla hoje vai a um jantar "só de mulheres". Eu fico com o Guilherme...

Há dias eu fui a um jantar "só de homens". Ela ficou com o Guilherme...

Igualdade de direitos, portanto...

Parafraseando já não sei quem, não contando com o período antes de Cristo, durante cerca de 1950 anos a sociedade foi predominantemente masculina. O homem mandava, dominava, subjugava a mulher, que detinha um papel de menoridade, quer na sociedade, quer na sua própria casa...

Eu tive o azar de viver nos outros 50 anos...

Hoje fui à Vandoma...


Fui à feira da Vandoma onde comprei 13 livros juvenis pela módica quantia de 3,20€...

Sim... 3,20€...

Comprei 12 livros da colecção "Viagens no Tempo" de Ana Maria Magalhães e Isabel Alçada, da Caminho e um livo chamado "Lady Jane", de C.V. Jamison, da colecção Histórias para a Juventude da Livraria Civilização, datado de 1964.

Posso dizer que não dei o meu tempo por mal empregue. Bem pelo contrário...

24 de out de 2008

"Desaparecido em Massília"



Também comprei este livro, entusiasmado que ando com a leitura de "Roma".

Steven Saylor foi, para mim, uma muito agradável surpresa e aí vou eu lançado na compra dos seus livros.

Aqui fica a sinopse: No ano 49 a. C., uma guerra civil sangrenta entre as forças leais a Pompeu e Júlio César alastrou sobre o mundo romano e ninguém se pode dar ao luxo de ser neutro. Numa cidade refém de antagonismos, Gordiano, o Descobridor, recebe uma mensagem anónima informando-o da morte do seu filho, Meto, que trabalhava como agente duplo para César.Procurando saber qual foi o verdadeiro destino de Meto, Gordiano parte rumo ao porto sitiado de Massília (hoje Marselha) que, por tomar o partido de Pompeu, tenta resistir ao cerco do exército de César, cujos homens e navios se encontram já nas portas da cidade. Para conseguir passar pelas poderosas tropas e entrar em Massília, Gordiano dispõe de uma única arma, o próprio cérebro.

"Indiana Jones e o Reino da Caveira de Cristal"

Comprei este livro.

Do James Rollins só li "O Mapa dos Ossos" e gostei bastante. Deste, vamos ver. Depois digo ...

Para quem não conhece, o livro conta a quarta aventura do famoso arqueólogo, mais velho e mais sábio do que nas anteriores, uma vez que a acção decorre em 1957.

A história gira em torno da descoberta de misteriosas caveiras de cristal e de um complot de agentes da União Soviética para se apoderarem delas e dominarem a poderosa fonte de energia que daí parece emanar.

Natal é quando o Homem quiser!! Mas em Outubro???

Destesto esta tendência de agora de se começar a decorar as ruas e os centros comerciais com motivos natalícios logo em Outubro.

Chamem-me antiquado, mas eu ainda sou do tempo do Natal em Dezembro..

Não banalizem a minha festa familiar preferida, por favor...

22 de out de 2008

Ai Porto, Porto... onde andas tu???


Ontem fiquei muito triste com a derrota do meu Porto..

Mas sou, sempre, optimista e ainda acredito...

Literatura juvenil... eternamente criança!!!

Pois é... acontece nas melhores famílias.

Então não é que este vosso amigo se recusa a crescer? É vê-lo todo contente, de alfarrabista em alfarrabista, à procura de livros que já leu há 20 anos (ou mais) e que agora faz questão de possuir.

Comecei pelo óbvio: Os Cinco, de Enid Blyton. Já os li e reli sei lá quantas vezes e até tenho a colecção completa, mas num estado deplorável. Então vai daí e decidi comprar tudo outra vez. E em triplicado: edição anos 60, anos 70 e Círculo de Leitores. As duas primeiras porque são as da minha infância e a última por, sendo de capa dura, ter esse elemento diferenciador de todas as outras.

Depois, graças ao Mistério Juvenil, site que recomendo vivamente, dei conta das minhas lacunas em questões de literatura de Enid Blyton e desatei a comprar (quase) tudo o que via: completei a colecção Cinco Descobridores (do inesquecível Gordo), estou a completar a colecção Aventura, Secreta, Mistério e tenho adquirido diversos livros, como A Casa da Esquina, Os Seis Primos, Os Seis Terríveis, A Casa da Árvore Oca, O Rio Misterioso, entre outros. Só paro quando tiver tudo.

Entretanto conheci o fórum do Mistério Juvenil e uma Colecção de que só tinha lido um livro e que tinha um tópico muito movimentado: Patrícia. Neste fórum conheci algumas malucas pela Patrícia (beijinhos meninas) e fiquei contaminado: de um total de 40 livros, já tenho 38.

E pronto, cá ando a rebuscar baús em busca de (para mim) tesouros da minha infância e agora aderi também à busca pelos Inquéritos de Nancy (que estou a completar), pelos Hardy em Acção (que já completei) e pelos 3 Investigadores.

Quanto mais não seja, é todo um conjunto de literatura que estou a juntar para o Guilherme. Espero que ele lhe dê tanto valor como eu.

Ai as minhas maneiras... então e as apresentações??

Eu sou o Sérgio. Tenho 35 anos, sou licenciado em Gestão Financeira e ganho a vida como gestor.

Sou casado, há 8 anos, com a Carla e temos um filhote lindo, que é o Guilherme (Gui para os amigos).

Gosto de ler (literatura juvenil e outra), de música (comecei pelo gótico e pelo metal e, com os anos, alarguei os meus gostos, sem nunca abandonar os primeiros), de cinema (Once Upon a Time in America, de Sérgio Leone, é O filme da minha vida), do FÊQUÊPÊ e de muitas outras coisas, como se verá de hoje em diante...

Pois é... também tenho um blog!!!

Olá cá estou eu...

Então não é que agora toda a gente "de bem" tem um blog e eu não tinha?

Eh! Eh! Mas agora já tenho.

Aqui vou "arrumar" as minhas coisas. Vou falar de livros, de músicas, de filmes, de desporto e de tudo o mais que me "vier à cabeça".


Seja bem vindo quem por cá aparecer. Até já...